Pe. Genivaldo: É preciso que a família caminhe junto.

papadestacada
Papa: alívio oferecido por Jesus não é apenas psicológico ou esmola
julho 5, 2020
2diadanovena55
Pe. Herbert: “Será que Cristo consegue crescer em mim?”
julho 12, 2020
1diadanovena55

Na noite do dia 10 de julho começou a Novena em honra à Sagrada Família, nossa padroeira. Neste período também celebramos os 55 anos de nossa paróquia.

Os vicentinos e o Apostolado de Oração foram os responsáveis por conduzir o primeiro dia da Novena. Em seguida, teve início a Santa Missa presidida pelo nosso vigário Pe. Genivaldo Mendes, msf e concelebrada pelo nosso pároco Pe. Laurindo Aguiar, msf e pelo nosso vigário Pe. Herbert, msf.

Pe. Genivaldo acolheu a todos os presentes e a todos que acompanharam a Novena e a Missa pelos meios de comunicação social. Destacam-se as seguintes falas do presbítero em sua homilia:

Hoje, no primeiro dia da novena, chamou a atenção esta frase: “A Igreja precisa da família e a família precisa da Igreja.”

Sobre a primeira leitura, da profecia de Oséias, nos recorda a passagem da Escritura onde o profeta Ezequiel vai revelar tão grande amor que Deus tem por nós. Não quero a morte do pecador, mas que se converta e viva. Deus não quer a morte do pecador, mas que sejamos capazes de viver de verdade. Deus detesta o pecado, mas ama o pecador. Hoje, o profeta Oséias nos mostra o caminho para mudarmos de vida. Por isso faz o convite de conversão ao povo. O processo de conversão é o caminho de volta para Deus. É preciso reconhecer o que  me leva a pecar. O primeiro passo é reconhecer. Devemos romper com tudo que nos causa mal. É dizer: “Pai, eu não quero voltar a pecar.” Diante desta realidade do profeta Oséias, se formos olhar para algum momento de nossa família, o que eu precisaria converter, eliminar de minha vida para que a minha família seja mais feliz? Filho, o que você precisaria dar para seus pais serem mais felizes? Marido, o que você poderia mudar para fazer sua esposa mais  feliz?

O Evangelho de hoje é muito edificante para nossa família. Jesus vai orientar aos discípulos o que espera no caminho missionário. Será que vocês estão preparados para todas as provações que vão encontrar no caminho? Mas hoje, Jesus mostra aos seus discípulos algumas virtudes que vão fortalecer, para que eles não afastem do caminho, não afastem da missão. Sede perseverantes até o fim, para que você salve a sua família. Quando vocês forem provocados, procurai ser mansos e humildes. A mansidão é uma virtude que devemos sempre buscar.

Algo que Jesus coloca de edificante na vida dos apóstolos é a perseverança. Você faz de tudo para que sua família permaneça sempre unida? É preciso buscar a prudência, a inteligência. Não é porque o outro errou, que você vai errar. A mesma consequência que aconteceu com ele pode acontecer com você. Jesus nos coloca também a simplicidade. Não é porque vocês vão me seguir, que vocês não sofrer tribulações. Não é porque você tem uma família linda, que vai haver desentendimentos. É duro ouvir estas palavras de Jesus hoje no Evangelho. Mas é verdade, acontece.”

É preciso que a família caminhe junto. É preciso que a família procure a Igreja. É preciso que a família procure a Deus. Mesmo diante das dificuldades, Deus nos fortalece. Quem vai fortalecer nossa família? É o próprio Cristo Jesus.

Ao fim da Santa Missa, os padres, o Irmão Guilherme e toda a assembleia fizeram uma bela homenagem a nossa padroeira Sagrada Família.

Padre Laurindo agradeceu a todos os presentes neste primeiro dia da Novena e a todos que acompanharam a transmissão. Ressaltou que, por causa da pandemia, o que tinha sido pensado para os festejos, no convívio social, não poderá acontecer. Mas, de forma espiritual, estaremos fazendo as homenagens a nossa padroeira Sagrada Família, celebrando os 55 anos de nossa paróquia.

Clique aqui para ver a cobertura fotográfica.

Texto e fotos: Alisson Faria / PasCom Sagrada Família