Pe. Marconi: “Deus é o autor da nossa história”!

papadestacada1
Angelus: com Jesus não há nada a temer, vamos perseverar na construção do bem
novembro 13, 2022
papadestacada1
O Papa: não ter medo da desolação, mas nela encontrar o coração de Cristo
novembro 16, 2022

Pe. Marconi: “Deus é o autor da nossa história”!

33domingotc2022

 

A celebração das dezenove horas do domingo, treze de novembro, na Matriz Sagrada Família de Januária foi presidida pelo Vigário Pe. Marconi Nunes Lira, msf que saudou a todos que nesta noite se fazem presentes para celebrar o mistério da nossa fé, a Santa Missa.

Reflitamos acerca da homilia desta noite:

“As leituras de hoje falam do fim do mundo, que para os autores sagrados, o fim do mundo não significa o fim da terra, mas o fim de um período, que vai passar para dar lugar a outro período. Um período com mais justiça onde todas as pessoas vão poder estar gozando de felicidade, de paz e tranquilidade. Na realidade o profeta Malaquias vai surgir porque o povo de Israel havia chegado do exílio na Babilônia e havia promessas, inclusive de outros profetas, de que a vida do povo iria melhorar e de que o povo iria prosperar. Na realidade nada disso aconteceu. O que aconteceu foi que quando o povo de Israel voltou do exílio as coisas pioraram muito. As pessoas não tinham o que vestir nem o que comer. Não tinham trabalho, ou seja, essa situação levou o povo que era fiel a Deus a questionar o próprio Deus, e começaram a dizer: ‘Nós vivemos na fidelidade a Deus e nada de bom nos acontece, só temos miséria. Há outras pessoas que não são fiéis a Deus elas prosperam, elas têm cada vez mais coisas, estão cada vez mais enriquecendo e nós estamos cada vez mais ficando na sarjeta.’ O profeta então surge, não para condenar o povo porque eles estavam se revoltando contra Deus. Pelo contrário, o profeta surge e reconhece que o povo de fato está correto nas suas reivindicações a Deus. Mas o profeta vai encorajar o povo com exortações, vai dizer que esse tempo ruim vai passar e que Deus vai mandar fogo para acabar com as pessoas que estão causando essa situação de miséria para com o povo que é fiel a Deus.”

.

“À primeira vista a gente pensa que o fogo que o profeta está dizendo que Deus vai mandar é um fogo para matar as pessoas, mas na realidade não. Nós não temos um Deus que é justiceiro, que anda por aí matando as pessoas com fogo. Essa expressão já era conhecida no Antigo Testamento. Ela quer mostrar para o povo e também para nós que Deus virá em socorro daquelas pessoas que estão passando por aqueles momentos difíceis, de dor, de miséria e Deus vai lançar um apelo para as pessoas que estão praticando a injustiça contra os pobres e miseráveis. Então o profeta, na realidade, mostra para o povo que Deus vai tomar as providências em relação àquela situação de calamidade e pede que o povo tenha um pouco mais de paciência, mais calma, que aquele tempo vai passar porque é o próprio Deus que é o dono do mundo e vai fazer com que a história daquele povo melhore.”

“No Evangelho de hoje algumas pessoas vão falar para Jesus do templo de Jerusalém. O templo de Jerusalém que era uma das maravilhas do tempo antigo, senão a maior delas. E ele foi construído para não acabar, para não ser destruído. Mas as pessoas estão falando para Jesus sobre o templo de Jerusalém nesse sentido e Jesus vai dizer para aquelas pessoas: ‘Dias virão em que não ficará pedra sobre pedra do templo de Jerusalém e será destruído.’ De fato, o templo historicamente foi destruído completamente. As pessoas inclusive perguntam a Jesus quando irá acontecer isso e quais os sinais. Mas Jesus não vai afirmar com certeza quando isso irá acontecer, mas Ele vai afirmar que o templo será destruído. Precisamos também olhar o Evangelho de Lucas, ele foi escrito mais ou menos cinquenta anos depois da morte e ressurreição de Jesus e o templo de Jerusalém, quando o Evangelho foi escrito, já havia sido destruído. O evangelista então coloca para nós a destruição do templo de Jerusalém, por quê? Porque as pessoas quando viram o templo de Jerusalém, aquele espetáculo de templo sendo destruído, causou um alvoroço no povo, que inclusive ficou pensando: ‘Ora se o templo de Jerusalém, essa construção monumental, foi destruída, isso significa que o fim do mundo está próximo.’ O povo de Israel ia todos os anos para o templo com devoção e fazendo peregrinações. Agora o templo acabou e o povo não tinha mais uma referência espiritual. E o povo começa a pensar que o tempo está próximo de se acabar. Então Jesus vai dizer para os discípulos: ‘Cuidado com as pessoas que vão querer se passar por mim.’ Diz também para não se deixarem enganar por essas pessoas. Interessante perceber que hoje mesmo, em nosso país, já surgiram algumas pessoas que disseram ser Jesus Cristo. Temos que ter muito cuidado com essas pessoas que estão usando a religião em seu nome próprio para se autopromoverem.”

.

“Jesus vai mostrar alguns fenômenos naturais que vão acontecer, que sempre aconteceram, como: catástrofes, terremotos, guerras. Essas coisas sempre aconteceram, sempre vão acontecer, mas isso não significa que será o fim do mundo. Isso já aconteceu no passado, acontece no presente e vai acontecer no futuro também. Jesus vai mostrar para os discípulos que eles serão perseguidos por causa da fé que eles têm por Jesus Cristo. Mas elas não vão deixar de professar a fé pelo fato de estarem sendo perseguidas. Nós também quando formos perseverantes na nossa fé, corremos o risco de sermos perseguidos por conta do nosso testemunho de fé em Jesus Cristo. Jesus vai dizer: ‘Quando vocês forem levados aos tribunais não planejem nada porque eu vos darei palavras tão acertadas que ninguém poderá recusar o que vocês vão falar.’ Deus é o autor da nossa história, ele está conosco para fazermos com ele a história acontecer e, todos juntos, como povo de Deus, unidos na mesma fé vamos construindo uma história nova mais humana, mais justa e mais fraterna para todas as pessoas. ”

 

Antes da bênção final, nos avisos, a informação que o livrinho da Novena de Natal já pode ser adquirido na Secretaria Paroquial. Também já está disponível as Velas da Coroa do Advento. Vamos nos preparar bem para o Natal do Senhor Jesus!

 

Clique aqui para ver a cobertura fotográfica completa.

 

Texto: Juciane Francisca / PasCom Sagrada Família

Fotos: Alisson Faria / PasCom Sagrada Família