Pe. Laurindo na Vigília Pascal: “A penúria da morte, da solidão, acabou.”

sabadosantodestacada
Sábado Santo 2018
abril 1, 2018
papadestacada
Papa: os desejos de paz ao mundo na Bênção Urbi et Orbi
abril 1, 2018

Pe. Laurindo na Vigília Pascal: “A penúria da morte, da solidão, acabou.”

sabadosantodestacada

Na Paróquia Sagrada Família a Vigília Pascal realizou-se às 19h30min do dia 31 de março e foi presidida pelo Padre Laurindo, msf. Antes porém aconteceu o Segundo Dia da Novena da Divina Misericórdia, sob a responsabilidade da Comunidade Matriz.

Para celebrar a Ressurreição do Senhor, os fiéis levaram  o seu Círio da família e suas velas para também participar da celebração da luz, um grande convite para à Alegria e a Esperança.

Pe. Laurindo abençoou o fogo, símbolo da luz da fé que vem do Cristo e acendeu o Círio Pascal (Liturgia da Luz). O Círio representa Jesus ressuscitado. Todos da assembleia acenderam suas velas no Círio Pascal e seguiram para a Matriz, onde houve a proclamação da Páscoa.

Durante sua homilia, Pe.Laurindo fez uma colocação sobre a importância do Sábado Santo.

“A celebração da Vigília Pascal é para nós católicos a celebração mais forte, a mais importante da Igreja. Depois da Paixão, Morte de Jesus, a comunidade de reúne vigilante para esse momento de penúria, de passagem para acompanhar os grandes feitos do Senhor.”

“A Igreja acompanha esse ressurgir para vida nova em Cristo. O mistério do Senhor, mistério do amor, onde vigilantes nós nos retiramos e nos colocamos na esperança e na expectativa da Luz que está para nascer. Luz do Fogo Novo, luz do ressuscitado. A luz que foi passando de pessoa em pessoa e iluminou a todos, era possível enxergar o caminho por causa da Luz de Cristo.”

“Aquele que tem fé, não deixa de buscar, não deixa de caminhar em direção a claridade nova, em direção a luz que cobre o vazio, as trevas que permeiam a morte, a solidão, o medo.”

“Essa luz transcende o que vivemos; é o sinal da presença de Deus. Deus que cria e liberta. Fazendo comparações das leituras e Evangelho, vemos o mistério de Deus, esse mistério de amor desde a a criação até o dia de hoje.”

“A Igreja acompanha esse momento do anúncio da Ressurreição, onde as discípulas  ainda na perturbação das trevas, foram ao túmulo para perfumar o corpo de Jesus e acabaram encontrando o lugar vazio.  Vazio das trevas. A penúria da morte, da solidão, acabou.”

Em seguida houve aspersão dos fiéis e a renovação das promessas do batismo.

Padre Laurindo concluiu a Vigília Pascal com votos de uma Feliz e Santa Páscoa a todos da assembleia e a todos os paroquianos!!!

Texto: Nataly Nunes / PasCom Sagrada Família
Foto: Alisson Faria / PasCom Sagrada Família