Pe. Laurindo: “Celebrar a presença de Jesus que nasceu para nós, é uma grande alegria”!

papadestacada1
O Papa: nunca se deve dialogar com o diabo, é importante guardar o coração
dezembro 27, 2023
Design sem nome (1)
Última Santa Missa em 2023 na Comunidade Santa Rosa de Lima
dezembro 29, 2023

Pe. Laurindo: “Celebrar a presença de Jesus que nasceu para nós, é uma grande alegria”!

Design sem nome

Na noite de segunda-feira, vinte e cinco de dezembro, às dezenove horas, a Igreja reuniu-se para celebrar o Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo. Pe. Laurindo Aguiar, msf, presidiu a Santa Missa, nessa noite, na Matriz da Paróquia Sagrada Família e assim nos falou em sua homilia:

    “Hoje nasceu para nós o salvador, que é Cristo o Senhor, alegremo-nos e n’Ele exultemos. Para nós celebrar o nascimento de Jesus é celebrar a vida nova e celebrar também o nosso nascimento. O nascimento de Jesus inaugura também o nascimento de uma nova humanidade, de um novo ser marcado infinitamente pela presença de Deus, pelo seu amor que por nós é infinito. A Palavra de Deus já existia antes do céu e da terra. A Palavra de Deus criadora fez com que todas as coisas surgissem e fossem criadas”.

.

    “O verbo eterno do Pai se fez carne e veio habitar entre nós. O mundo tenta nos levar a crer e a celebrar o Natal de qualquer jeito, pela lógica do mundo capitalista, material, em que as relações têm perdido seu verdadeiro sentido. As relações humanas tem se destituído do seu verdadeiro sentido que é a fraternidade, o querer bem, a alegria que nasce de Deus. O nascimento de Jesus não pode ser vivido e compreendido por nós como o mundo nos oferece, mas como oportunidade de nos encontrar com Deus, de celebrar a salvação que Ele nos oferece de celebrar o céu que veio até nós”.

 

   “Nós acreditamos na encarnação do Filho de Deus, isto é um dado fundamental da nossa fé. Acreditamos que Deus enviou o seu Filho para nos salvar. Nós acolhemos o seu Filho, a sua Palavra e nesta acolhida nós carregamos no mundo o nosso grande distintivo que é a presença de Cristo, esta vida nova que nós assim aceitamos e acolhemos. Ter fé para nós é crer em Jesus, é aceitar nascer para Deus. O Menino Deus que vem ao nosso encontro vem como luz, à imagem da luz. Exatamente porque em meio às trevas podemos rompê-las com a luz. Se existe escuridão no mundo, é necessário deixar Deus nascer para iluminar o mundo, iluminar as nossas relações. Este que veio vem como o mensageiro da paz no mundo marcado pela violência, pelo ódio, egoísmo. Jesus veio nos oferecer a paz. Mas de onde vem essa paz? Ela nasce verdadeiramente do amor, da justiça”.

.

    “Jesus nasce numa manjedoura porque não tinha lugar na hospedaria. O lugar da simplicidade de Belém. A generosidade de Deus que vem ao nosso encontro quer que nasçamos nessa perspectiva de que a lógica do grande é se fazer pequeno. O mundo está precisando de pureza, de ternura, de simplicidade e amor. Jesus nasce para que a nossa convivência, as nossas relações, o nosso olhar para com o mundo e os irmãos mudem. Nessa santa liturgia, peçamos ao Senhor nosso Deus a graça de celebrar a verdade de Deus em nossa vida. Celebrar a presença de Jesus que nasceu para nós, é uma grande alegria”.

Antes da bênção final, a Legionária Nágila leu uma mensagem de Natal a todos e desejou um Feliz e abençoado Natal. Pe. Laurindo também desejou um Feliz Natal e boas festas. “Gratidão pela presença de cada um”!

 

Clique aqui para ver a cobertura fotográfica completa.

 

Texto: Juciane Francisca / PasCom Sagrada Família
Fotos: Iasmim Soares Lisboa / PasCom Sagrada Família