Pe. Laurindo: “Aquele que é bom, conseguirá ver a bondade no outro”.

coroinhasdestacada
Crianças e adolescentes presentes em formação para acólitos e coroinhas
março 20, 2024
papafrancisco
O Papa: prudência, capacidade de direcionar as ações para o bem
março 20, 2024

Pe. Laurindo: “Aquele que é bom, conseguirá ver a bondade no outro”.

5dq2024

No domingo, 17 de março, foi realizada na Matriz Sagrada Família a Santa Missa do 5º Domingo da Quaresma. A celebração eucarística foi presidida pelo pároco Pe. Laurindo Aguiar, msf. Os adolescentes do EAC (Encontro de Adolescentes com Cristo) estiveram presentes e participaram da procissão de entrada e do ofertório.

Padre Laurindo assim refletiu em sua homilia:

“Jesus chamou os 12 para estar com ele, para aprender dele, fazer essa experiência com ele. Assim, muitas pessoas foram conhecendo Jesus a partir do que outras pessoas falavam, a partir do testemunho dos discípulos. O evangelho de hoje destaca um grupo de judeus, ao falar desse grupo de judeus, nós devemos compreender como gentios ou como pagãos. Significa que a Palavra de Deus, a missão, está se estendendo e chegando a outros espaços. Outras pessoas já ouviram falar de Jesus, então essas pessoas sobem também para Jerusalém, pessoas que ainda não haviam conhecido Jesus, mas ardia o coração para conhecê-lo.”

 

Participe do canal da Paróquia Sagrada Família no Whatsapp e receba as principais notícias direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

 

“A mensagem que Jesus vai trazer para nós hoje, é uma contradição daquilo que o mundo nos apresenta. Olha, quem quer conservar a vida vai perder, quem quer ganhar a vida vai perder, mas quem perde, este ganhará, este ganha a vida. Se a semente que cai na terra ela não morre, permanece só uma semente, e tende a se perder, apodrecer, e assim por diante, mas se ela cai na terra, se ela morrer, ela nasce com uma árvore frondosa para gerar vida, gerar frutos. Aquele que não morre, aquele que não é capaz de renunciar, morrer para si mesmo, renunciar a si mesmo, não é capaz de florescer, de alegrar o mundo com a sua presença. Os discípulos de Jesus foram aqueles que levaram tanta alegria para o mundo, renovação para o mundo, reconstrução de tantas vidas destruídas, despedaçadas, desesperançadas, e assim por diante.”

 

“Nós somos seres a caminho, somos seres em construção, não somos seres que não aprendemos, que não crescemos. E por saber que nós precisamos sempre do Senhor na nossa vida, o salmista nos ajuda hoje também a rezar: ‘Criai em mim um coração que seja puro’. O coração que seja puro, nos fala a própria Palavra de Deus, é um coração capaz de ver a Deus. Felizes os de corações puros porque verão a Deus. Aqueles que carregam essa essência de Deus, a pureza de Deus, conseguirá ver a Deus. Aquele que é bom, conseguirá ver a bondade no outro, aquele que é misericordioso conseguirá ver e enxergar misericórdia de Deus, mas a misericórdia também do outro.”

 

Após a homilia, Frater Ronaldo, msf enviado pela Congregação dos Missionários da Sagrada Família para realizar um trabalho de serviço de animação vocacional com a juventude, convidou os jovens a aprofundarem seu conhecimento sobre Jesus dentro da vida religiosa consagrada. Os jovens foram convidados a participar do encontro vocacional, que acontecerá no mês de maio, na cidade de Montes Claros – MG.

 

Ao fim da Santa Missa, avisou-se sobre a importância da participação da Semana Santa, e que a programação completa estará nas redes sociais da paróquia, bem como aqui no site, na página Avisos Paroquiais.

 

Clique aqui para ver a cobertura fotográfica completa.

 

Texto: Edilza Madureira / PasCom Sagrada Família

Fotos: Alisson Faria / PasCom Sagrada Família