Pe. Laurindo: “A Palavra de Deus é o caminho seguro que nos garantirá a nossa salvação”.

papadestacada1
Francisco na beatificação de João Paulo I: transmitiu a bondade do Senhor
setembro 4, 2022
papadestacada1
“Discernir é ouvir o próprio coração”, afirma o Papa na Audiência Geral
setembro 7, 2022

Pe. Laurindo: “A Palavra de Deus é o caminho seguro que nos garantirá a nossa salvação”.

23domingodoTempoComum2022

No domingo, 04 de setembro, iniciamos as celebrações em homenagem ao mês da Bíblia. Na entrada da Matriz, a Palavra de Deus foi colocada em destaque para mostrar  que a boa-nova do Evangelho deve ir do templo a todos os locais de nossa cidade.

Os missionários da Pascom, Pastoral da Comunicação, levaram o banner da Pastoral e o Lecionário na procissão de entrada. Após acolher a todos os presentes, Pe. Laurindo assim se pronunciou:

“Hoje celebramos o primeiro domingo deste mês bonito para nossa Igreja. Mês de setembro. Mês dedicado à Palavra de Deus. É mês da Bíblia. A Bíblia é a Palavra de Deus que comunica o amor para todos nós. “

Em sua homilia, Pe. Laurindo assim refletiu:

“Mês de setembro, mês da bíblia. Mês que aqui no Norte de Minas enfrentamos muitas mudanças na natureza, o clima um pouco mais quente, mais poeira, o ar mais seco. Mas o mês de setembro é um tempo de recobrar as nossas forças alimentando da Palavra de Deus. Dando atenção especial à Palavra de Deus, que às vezes no decorrer do ano, na correria da vida, dos nossos afazeres, muitas vezes deixamos de lado, não cultivamos. O padre comumente pergunta, de modo especial,  quem vem para um aconselhamento, uma confissão: ‘Tem costume de ler a bíblia?’ Poucas pessoas tem o hábito de ler, de meditar ou estudar a Palavra de Deus. Este mês é para nos motivar, deste toque que é necessário. Se queremos aperfeiçoar no seguimento de Cristo Jesus não tem como fazer sem conhecer a Deus, a Jesus, sem conhecer o caminho, a proposta de caminho que ele nos oferece. Então a Palavra de Deus é o caminho seguro que nos garantirá a nossa salvação. “

 

“Diante desta correria, deste trabalho, o que a pessoa mais gostaria de ter? É uma paz interior. É uma palavra de ânimo, que conforte. Porque no fundo a pessoa não se sente feliz. Isso não é felicidade. O que a pessoa mais quer é um momento de silêncio, de estar consigo mesma, de encontrar sentido para viver. Falar de encontrar sentido para viver, para nós católicos, para nós cristãos, é encontrar sentido para servir. Encontrar sentido para estar no mundo. Para formar a família de Deus. Os bens materiais são importantes, mas não podem ocupar todo o tempo da nossa vida.”

.

“Finalizo com a Segunda Leitura, que eu creio que é muito bonita e oportuna para o momento que estamos vivendo, que nos fala do contexto da Carta de São Paulo a Filêmon e na prisão ele encontra, ele conhece, Onésimo. Quem é Onésimo? Onésimo é um escravo. Ele conhece e na prisão, ele evangeliza Onésimo. Assim, Onésimo se torna não mais escravo, mas São Paulo vai dizer um irmão. Estou mandando como se fosse o meu coração. É o meu coração, o meu amor, que estou enviando para vocês. Acolha com muito amor, acolha com muito carinho. Agora ele não é mais escravo. Não acolha como escravo. Acolha como irmão. O que está em voga aqui? O que São Paulo está dizendo para nós cristãos? Quando nós nos tornamos cristãos não há mais escravos, não há mais gregos ou judeus. Todos nós somos irmãos. Todos nós devemos viver como ponto central o amor de Deus que se transforma, que nos convoca a viver a fraternidade, a partilha, a solidariedade, o acolhimento de todos, independente se é homem se é mulher, se é criança ou se é jovem, se é pobre ou se é rico, mas é um amor que acolhe a todos. Peçamos a Deus a graça da sabedoria para bem escolher a Palavra de Deus. Para bem escolher aquilo que pode nos salvar, que pode nos garantir o céu. Pode garantir também que sejamos uma bênção para a vida de nossa comunidade, para a vida do próximo.”

 

Ao fim Santa Missa, nos avisos, foi relembrada a comunidade  sobre a devolução do dízimo no próximo fim de semana. Pe. Laurindo também convidou a todos para participar do Retiro Missionário entre os dias 23 a 25 de setembro. As inscrições podem ser realizadas no Escritório Paroquial. Por fim, avisou-se que em razão da Romaria Paroquial até a cidade de Aparecida/SP, o escritório não irá funcionar entre 08 a 10 de setembro, voltando ao atendimento normal na segunda, dia 12 de setembro.

 

Clique aqui para ver a cobertura fotográfica completa.

 

Texto: Alisson Faria / PasCom Sagrada Família

Fotos: Rosiane Barbosa / PasCom Sagrada Família