Papa no Angelus: Jesus Mestre poderoso em palavras e obras

Cesta de Pascoa destacada
Sorteio de Cesta de Páscoa
janeiro 28, 2018
cnbb
“14º Intereclesial: patrimônio bíblico, eclesial e teológico da Igreja no Brasil”, diz carta final
janeiro 31, 2018

Papa no Angelus: Jesus Mestre poderoso em palavras e obras

papadestacada

“Jesus ensina como uma pessoa que tem autoridade, revelando-se o Enviado de Deus”, disse Francisco.

O Papa Francisco rezou a oração mariana do Angelus, neste domingo (28/01), com os fiéis e peregrinos reunidos na Praça São Pedro.

O Pontífice explicou que o Evangelho deste domingo faz parte da mais ampla narração indicada como o “dia de Cafarnaum”. No centro dessa passagem está o exorcismo, através do qual Jesus é apresentado como profeta poderoso em palavras e obras.

Jesus entra na sinagoga de Cafarnaum no dia de sábado e começa a ensinar. “As pessoas ficam admiradas com as suas palavras, pois não são palavras comuns, não parecem com aquelas que geralmente escutam.”

“ Os escribas ensinam, mas sem ter uma própria credibilidade. E Jesus ensina com autoridade. ”

“Jesus ensina como uma pessoa que tem autoridade, revelando-se o Enviado de Deus, e não um homem simples que deve fundar seu próprio ensinamento somente nas tradições precedentes. Jesus tem credibilidade plena. A sua doutrina é nova e o Evangelho diz que as pessoas comentavam: «Um ensinamento novo, dado com autoridade».”

“Ao mesmo tempo, Jesus revela-se poderoso também nas obras. Na sinagoga de Cafarnaum há um homem possuído por um espírito mau que se manifesta gritando estas palavras: «Que queres de nós, Jesus Nazareno? Vieste para nos destruir? Eu sei quem tu és: tu és o santo de Deus».

“ O diabo diz a verdade: Jesus veio para destruir o diabo, para destruir o demônio, para vencê-lo. ”

“Este espírito imundo conhece a potência de Jesus e proclama a sua santidade. Jesus o repreende, dizendo-lhe: «Cala-te e sai dele!» Essas poucas palavras de Jesus são suficientes para obter a vitória sobre satanás, que sai daquele homem sacudindo-o e dando um grande frito, segundo o Evangelho.”

Segundo o Papa, “esse fato impressiona muito as pessoas presentes. Todos estão cheios de temor e se perguntam: «O que é isso? Ele manda até mesmo nos espíritos maus e eles obedecem!»

A força de Jesus confirma a credibilidade de seu ensinamento. Ele não pronuncia somente palavras, mas age.

“ Assim, se manifesta o projeto de Deus com palavras e com a força das obras. ”

No Evangelho, vemos que Jesus, em sua missão terrena, revela o amor de Deus seja com a pregação seja com os vários gestos de atenção e socorro aos doentes, necessitados, crianças e pecadores.”

“Jesus é o nosso Mestre, poderoso em palavras e obras. Jesus nos comunica a luz que ilumina as estradas, até mesmo escuras, de nossa existência.

Ele nos comunica também a força necessária para superar as dificuldades, as provações e as tentações. Pensemos: que grande graça é para nós ter conhecido esse Deus tão poderoso e bom!”

“ Um mestre e um amigo que nos indica o caminho e cuida de nós, especialmente quando precisamos. ”

“Que a Virgem Maria, mulher da escuta, nos ajude a fazer silêncio ao nosso redor e dentro de nós para ouvir, no barulho das mensagens do mundo, a palavra mais crível que existe: a de seu Filho Jesus que anuncia o sentido de nossa existência e nos liberta de toda escravidão, inclusive a do maligno.”

Papa Francisco: violência desumana contra o povo afegão

Francisco lembrou que neste domingo, celebra-se o Dia Mundial do Hanseniano.

Após a oração mariana do Angelus, o Papa Francisco fez um forte apelo pela paz no Afeganistão.

“Ontem, chegou do Afeganistão a notícia dolorosa sobre a terrível tragédia terrorista perpetrada, em Cabul, com mais de cem mortos e vários feridos.

Poucos dias atrás, outro atentado grave, sempre em Cabul, semeou terror e morte num grande hotel. Até quando o povo afegão deverá suportar esta violência desumana?”

“ Rezemos em silêncio por todas as vítimas e por todas as famílias, e rezemos por todos aqueles que, no país, continuam trabalhando para construir a paz. ”

Francisco lembrou que neste domingo, celebra-se o Dia Mundial do Hanseniano.

“Esta doença, infelizmente, afeta sobretudo ainda as pessoas desfavorecidas e pobres. A estes irmãos e irmãs asseguro a minha proximidade e solidariedade. Rezemos também pelas pessoas que cuidam deles e trabalham por sua reinserção na sociedade.”

O Papa saudou as famílias, as paróquias, as associações e todos aqueles que vieram da Itália e várias partes do mundo, como os estudantes de Badajoz, na Espanha, os fiéis de Liubliana, na Eslovênia, para o Angelus dominical.

Francisco saudou com afeto os jovens da Ação Católica da Diocese de Roma, presentes na Praça São Pedro. “Espero que além do barulho vocês saibam fazer também coisas boas”, disse o Papa aos jovens.

“Queridos jovens, também este ano, acompanhados pelo arcebispo vigário, por seus pais, educadores e sacerdotes assistentes, vocês vieram numerosos no final da ‘Caravana da Paz’.”

“ Agradeço a todos pela iniciativa. Não se cansem de ser instrumentos de paz e alegria entre os seus coetâneos! ”

A seguir, dois adolescentes da Ação Católica de Roma, que estavam com o Papa na janela da residência pontifícia, leram uma mensagem de paz para o Santo Padre.

O Pontífice convidou os dois adolescentes a saudarem sem medo os fiéis na Praça São Pedro.

“E agora junto com as nossas orações pela paz, cada um de nós em seu coração reze pela paz”, disse o Papa.

Da janela da residência pontifícia foram soltados alguns balões e na Praça São Pedro também.

“Junto a essas orações sobem também ao céu os balões. Vocês viram os balões?

“ Quando nós rezamos mal, quando levamos uma vida que não é a vida que Jesus quer, as nossas orações não chegam e deve vir uma ajuda para fazê-las ir para o alto. ”

Quando vocês sentirem que as suas orações não sobem, procurem a ajuda de alguém”, disse Francisco que desejou a todos um bom domingo e pediu aos fiéis para não se esquecerem de rezar por ele.

Foto: AFP
Fonte: http://www.vaticannews.va/pt