D. José: “Amar o próximo é acolher”.

papadestacada
O Papa: a Palavra de Deus deve ser “ruminada”, deve atingir todos os âmbitos da vida
outubro 31, 2021
agenda2021
Em Novembro 2021
novembro 1, 2021
encerramentosemanamissionariaeinvestiduraministroseucaristia2021

No domingo, trinta e um de outubro, a Paróquia Sagrada Família celebrou o encerramento da Semana Missionária e a Investidura dos Ministros Extraordinários da Eucaristia. Padre Laurindo Aguiar, msf saudou a todos os presentes e a Dom José Moreira, Bispo Diocesano, que presidiu a Santa Missa, concelebrada pelo Pároco Pe. Laurindo Aguiar, msf; Pe. Marconi Lira, msf e auxiliado pelo Diácono Guilherme Ferreira, msf.

Assim Dom José nos falou em sua homilia:

“Agradeço Padre Laurindo pelo convite nesse encerramento do mês missionário. Aqui, a Paróquia Sagrada Família todos os anos renova as missões. Parabéns a Paróquia Sagrada Família de Januária. A diocese, dentro das Santas Missões, com um plano pastoral que acontece cada ano, renovar a nossa missão. E este ano, encerrando esse dia com a renovação desses novos ministros e ministras da Eucaristia, da Palavra, das Exéquias para um trabalho missionário, para a colaboração com os padres”.

“Ouvindo a Palavra de Deus nesse dia em que o Papa convoca a juventude: ‘Jovem não tenha medo de anunciar a verdade’, precisamos de um mundo diferente. Ouvindo a Palavra de Deus essa pergunta do Evangelho que perguntou um mestre da Lei a Jesus: ‘Qual o primeiro de todos os mandamentos’? No judaísmo tem mais de seiscentas leis. É tanta lei, como no Brasil, que não se cumpre a lei. Muda a Constituição com interesse. Também o povo judaico é do mesmo jeito, fazia leis e mais leis com interesses dos grupos, dos partidos, das pessoas, como está acontecendo no Brasil, todo dia muda a Constituição para uma lei que interessa alguém, a algum grupo. E a pergunta, qual o primeiro mandamento mestre? E Jesus diz: ‘o primeiro mandamento é ter só um Deus, único’. São Paulo, na Segunda Leitura diz: ‘Que Deus é esse’? Nosso Deus personificou em Jesus Cristo. A missão o tema é ‘anunciar Jesus’, o caminho, a verdade e a vida. Mas e o segundo mandamento? ‘Amar ao próximo’. No outro Evangelho, pergunta: ‘Quem é o meu próximo’? Em outros Evangelhos, dizia que descendo para Jericó tinha um mendigo caído, passou Sacerdote, passou o Levita, mas passou um Samaritano que cuidou daquele que estava à beira do caminho. É o que faz a missão de casa em casa, as pessoas afastadas, que estão longe, que estão sofrendo, os idosos, a visita. Amar o próximo é acolher, não interessa quem você é. Nós estamos em um mundo de separações de divisões. Um mundo que exclui as pessoas e a Igreja não pode excluir. A pessoa tem que ser amada. O pecado não, mas o pecador tem que ser amado. Cada um de nós somos acolhidos”.

“Por isso, irmãos, esse é o trabalho de vocês ministros e ministras: acolher, ir às visitas, na periferia, acompanhar, orientar o Padre, ir aos hospitais, na cadeia. Não pode separar ninguém, é missão de vocês ministros. Vocês fazem a união entre os Padres da Paróquia e o Bispo. Essa unidade é o que o Papa convoca agora, a sinodalidade da Igreja. Começou agora e vai até 2023, para essa Igreja mudar. Uma Igreja sinodal está unida e não dividida em grupos. Somos diferentes, mas estamos unidos com a mesma cabeça, e a nossa cabeça da Igreja invisível é Jesus, o sumo sacerdote. Ele que morreu por mim na cruz”.

Deu-se início ao rito da investidura dos Ministros das Exéquias, da Sagrada Palavra e da Sagrada Eucaristia. Foram apresentados ao Bispo Dom José e constituídos Ministros Extraordinários da Paróquia os cristãos das seguintes comunidades: Comunidade Imaculada Conceição/Marreca, Comunidade Nossa Senhora de Fátima/Novo Milênio, Comunidade Sagrado Coração de Jesus/Tanque, Comunidade São Cristovão/Bom Jardim, Comunidade São Paulo/Boa Vista, Comunidade de São Pedro/Pau d’óleo, Comunidade São Vicente de Paula/Novo Milênio, Comunidade Santo Antônio e da Matriz Sagrada Família.

Ao final da Santa Missa, o Diácono Guilherme, msf leu a ata que conferiu os Ministros Extraordinários que exerceram suas atividades na Matriz, nas Comunidades das quais pertencem e também em comunidades diversas. Recomendou que os ministros continuassem na boa formação do ministério que exercerão, com o objetivo de comprometerem-se a distribuir a Sagrada Comunhão, a anunciar Jesus Cristo através da palavra e ser presença de conforto cristão aos que choram os seus entes. Os Ministros exercerão seus mandatos por dois anos, cabendo ao Pároco solicitar a renovação.

Bispo Dom José fez a oração missionária e Padre Laurindo Aguiar falou da alegria de celebrar esse trinta e um de outubro ‘recebendo o Bispo na Paróquia sinal de unidade missionária, comunhão eclesial e da riqueza que a Igreja carrega a diversidade de ministérios e de serviços. Agradeço a Deus pelo sim de cada um, pela missão e testemunho. A todos os missionários meus parabéns, gratidão pela missão e pelo anúncio’.

Dom José proferiu a bênção final.

Nesta terça-feira, 02 de novembro, Dia de Finados, haverá Santa Missa no cemitério às 17 horas. Na Comunidade Imaculada Conceição (Marreca) às 9 horas. Na Comunidade Santo Antônio e na Igreja Matriz às 19 horas. Participe Conosco!

 

Clique aqui para ver a primeira parte da cobertura fotográfica.

Clique aqui para ver a primeira parte da cobertura fotográfica.

 

Texto: Juciane Francisca / PasCom Sagrada Família

Fotos: Abdias Lacerda e Ana Caroline / PasCom Sagrada Família