D. Geraldo: “Não se desliguem de Deus”!

papadestacada1
O Papa: a fé em Jesus, o vínculo com Ele, nos abre para receber a seiva do amor de Deus
abril 28, 2024
IMG_6799
Pe. Laurindo: “É preciso se comportar como discípulos”.
abril 30, 2024

No sábado, vinte e sete de abril, a Paróquia Sagrada Família celebrou a Investidura dos Ministros Extraordinários da Comunhão, da Palavra e das Exéquias. A Santa Missa foi presidida pelo Bispo Dom Geraldo e concelebrada pelo Pároco Pe. Laurindo Aguiar, msf, e pelos Vigários Pe. Herbert Rohleder, msf e Pe. Marconi Nunes Lira, msf.
Após a proclamação do Santo Evangelho que foi proferido por Pe. Marconi, Pe. Laurindo deu início ao rito da investidura dos Ministros. Foram apresentados ao Bispo os paroquianos que seriam constituídos Ministros Extraordinários da Comunhão, da Palavra e das Exéquias e os que foram renovados na missão. Ao confirmarem seu sim, Dom Geraldo conferiu a Investidura dos Ministros, que vestiram suas vestes, símbolo do ofício, e num momento de muita emoção foram aspergidos e abençoados por Dom Geraldo.

Na homilia Dom Geraldo fez uma reflexão sobre a nossa relação com Jesus Cristo, enquanto discípulos e discípulas com Jesus.

 

“O texto de hoje serve para nos lembrar de que ninguém consegue ser verdadeiramente discípulo e discípula de Jesus Cristo, que ninguém consegue ser verdadeiramente cristão, se não for antes membro de um corpo. E que corpo é este? perguntou-nos Dom Geraldo. É a Igreja de Jesus Cristo. É a nossa comunidade. É a sua comunidade”.

 

Participe do canal da Paróquia Sagrada Família no Whatsapp e receba as principais notícias direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

 

“Para sermos cristãos não nos basta dizer que conhecemos ou que acreditamos em Jesus Cristo. Isso se dá pelo amor. Pelo amor aos nossos irmãos. Não há nada mais concreto que o amor. O verdadeiro amor se faz de gestos e atitudes concretas. São os frutos. E para que a gente consiga de fato produzir esses frutos do amor o Evangelho nos apresenta o caminho: é preciso que estejamos unidos à videira. E quando nós fazemos o caminho de desligamento desta videira, que é Jesus Cristo, quando cortamos nossa ligação com Ele, naturalmente desenvolvemos dentro de nós o sentimento do individualismo, do egoísmo e passa a tomar conta da nossa vida a realidade do pecado. E, dessa forma, não passamos de um ramo desligado do seu tronco. E o ramo que se solta do seu tronco não serve para mais nada, a não ser para ser jogado fora e queimado”.

 

 

“Irmãos, vocês receberam hoje esse ofício especial na vida dessa comunidade da Sagrada Família para exercerem e desempenharem bem esse ofício. Não se desliguem como um ramo pode desligar-se do seu tronco. Não se desliguem de Deus. Não se afastem da comunidade. Essa é a condição para que consigam exercer bem este ministério. Que Deus lhes conceda a alegria e a coragem de servir. Deus os proteja e acompanhe nesta missão tão importante que vocês receberam a partir de hoje. Amém”!

 

Padre Laurindo agradeceu ao Bispo Dom Geraldo pela presença. “A nossa alegria e gratidão da presença do senhor entre nós e pelos nossos padres que nos ajudam na missão Padre Herbert e Padre Marconi. Nossa gratidão a todos vocês que aceitaram o sim à missão para somar forças conosco”!

 

Clique aqui para ver a cobertura fotográfica.

 

Texto: Juciane Francisca / PasCom Sagrada Família

Fotos: Alisson Faria / PasCom Sagrada Família